Menu

PARABÉNS, FENTEC!

No dia 28 de janeiro de 2015, a FENTEC – Federação Nacional dos Técnicos Industriais completou mais um aniversário. São 26 anos de trabalho, seriedade e comprometimento para que a categoria seja sempre valorizada e respeitada em todos os aspectos profissionais, legais e sociais. Que estejamos sempre prontos para enfrentar novos desafios; afinal, nossa luta não pode parar! FENTEC “Juntos, Somos mais Fortes!”

MULHERES OCUPAM 50% DO MERCADO DE TRABALHO NA AMÉRICA LATINA

Relatório da OIT – Organização Internacional do Trabalho, divulgado em 17 de dezembro de 2013, indica que, pela primeira vez, a taxa média de participação feminina no mercado de trabalho é de 50%. Os dados são do Panorama Laboral da América Latina e do Caribe 2013. “Uma análise sobre a evolução da taxa de participação por sexo no mercado de trabalho demonstra que se mantém a tendência positiva sobre a redução da brecha de gênero”, aponta trecho do documento. No relatório, a taxa média de participação das mulheres no mercado está relacionada ao comportamento da demanda por mão de obra. Ao que tudo indica, essa taxa expressa a proporção de cada gênero incorporado ao mercado de trabalho. No caso dos homens, a participação total na…

Leia Mais…

Movimento pela criação de Conselho Profissional dos Técnicos se reúne com políticos em Brasília

Durante o mês de março, uma comitiva com representantes da Federação Nacional dos Técnicos Industriais (Fentec) e da Associação dos Técnicos Agrícolas do Brasil (AtaBrasil) participou de diversas audiências em Brasília para buscar apoio político para a criação do Conselho Profissional dos Técnicos. Considerada uma luta histórica da categoria, a busca pelo Conselho visa um “ensino técnico de qualidade e valorização profissional”. Para a concretização dessa vontade dos profissionais, várias ações foram feitas desde a década de 1960, quando foi criado um movimento de técnicos e escolas técnicas pela regulamentação profissional e criação do conselho. Em janeiro de 2014, ocorreu um passo importante para a luta dos técnicos, quando o Ministro do Trabalho, Manoel Dias, assinou a Portaria nº 59 para criação de uma comissão de…

Leia Mais…

Tempo como aluno-aprendiz em escolas técnicas consta como cálculo para aposentadoria

Todos os profissionais que foram alunos-aprendizes de escolas técnicas federais podem usar o seu tempo de aprendizado como parte do cálculo para aposentadoria. Para acrescentar o tempo como aluno-aprendiz, o trabalhador que pretende se aposentar deve se dirigir a posto do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) com cópia dos certificados e diploma do curso que concluiu e preencher requerimento de pedido de Certidão de Tempo de Estudo e/ou Certidão de Tempo de Bolsista. O profissional irá receber um protocolo que deverá ser acompanhado durante 30 dias. Essa norma foi determinada no Decreto 611/1992, que diz em seu Art. 58: “são contados como tempo de serviço, entre outros: XXI – durante o tempo de aprendizado profissional prestado nas escolas técnicas”. Ou seja, o tempo como…

Leia Mais…

Sintec-Ce envia pauta de negociações para Sinaenco

O Sindicato dos Técnicos Industriais do Ceará (Sintec-Ce) já entregou pauta de reivindicações para o Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva (Sinaenco), com a intenção de realizar o fechamento de Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) 2015/2016. De acordo com o Presidente do Sintec-Ce, Francisco Teônio da Silva, o sindicato patronal recebeu a pauta e a primeira rodada de negociações ainda não possui data definida , mas deverá ser realizada em breve. A data-base da categoria é dia 1º de maio. A prioridade nas negociações, segundo Silva, é o reajuste salarial de 11,13%, o aumento do vale alimentação e a inserção de um piso intermediário entre as funções. Atualmente, de acordo com a CCT 2014/2015, os pisos da categoria variam de R$ 1.100,00…

Leia Mais…

Técnicos de edificações devem ter primeira Convenção Coletiva

Com a intenção de fechar a primeira Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) dos Técnicos Industriais de Edificações do Estado, o Sindicato dos Técnicos Industriais do Ceará (Sintec-Ce) entrou em contato com o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Ceará (Sinduscon-Ce). A intenção principal do Sintec-Ce é que esses profissionais possam ter seu próprio piso salarial e outros benefícios trabalhistas com CCT específicos para a categoria, que atualmente não está sendo representado pelo sindicato. Segundo o Presidente do Sintec-Ce, Francisco Teônio da Silva, o sindicato está disposto a ouvir sugestões dos técnicos da área da construção civil para o início das negociações e possível fechamento da CCT.

CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLEIA

O Sindicato dos Técnicos Industriais de Nível Médio do Estado do Ceará – SINTEC/CE convoca os profissionais da Categoria dos Técnicos Industriais, empregados nas empresas do ramo da Construção Civil no Estado do Ceará, das modalidades edificações, eletrotécnica, topografia, saneamento, estradas, entre outras, para Assembleia Geral Extraordinária, a ser realizada no dia 09 de maio de 2015, às 10h, em primeira convocação, e às 10h30mim, em segunda e última convocação, a  ser realizada na Rua Castro e Silva, 84, altos – Centro, nesta Capital, para discussão e aprovação dos termos da proposta de Convenção Coletiva de Trabalho 2015/2016, a ser negociada com o Sindicato da Industria da Construção Civil do Ceará – Sinduscon CE. Francisco Teônio da Silva (Presidente). Fortaleza, 28 de abril de 2015.

Ensino técnico será discutido em encontro de Dilma e Obama

No dia 30 de junho, a Presidente da República, Dilma Rousseff, tem encontro marcado,em Washington, com o Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para anunciar um programa de ensino técnico inspirado nos “community colleges” dos EUA. A ideia surgiu durante a Cúpula das Américas no Panamá, que ocorreu ainda em abril, quando a Presidente Dilma sugeriu uma cooperação entre os dois países. As “community colleges” são faculdades profissionalizantes com dois anos de duração e possibilidade dos alunos completarem seus estudos em outras universidades com cargas horárias maiores.

Dica do Sintec-Ce: MEC disponibiliza Catálogo Nacional de Cursos Técnicos online

O Ministério da Educação (MEC) criou, em 2008, o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos (CNCT), que nomeia e especifica todos os cursos técnicos disponíveis no país todo. Com a intenção principal de informar as instituições de ensino, o Catálogo é atualizado todos os anos com as nomeclaturas, as cargas horárias e os perfis descritivos dos cursos. Ele pode ser acessado através do site http://pronatec.mec.gov.br/cnct/. Além de servir como base para as instituições, o CNTC é útil para os profissionais que estão se formando em cursos técnicos e querem entender amplamente o seu campo de atuação, as normas associadas ao exercício de sua profissão e quais as ocupações CBO associadas ao seu curso. Além disso, o Catálogo é importante para as empresas conhecerem as habilidades adquiridas…

Leia Mais…

Sintec-Ce participa do 3º Congresso Internacional de Direito Sindical

Representado pelo seu Presidente, Teônio da Silva, o Sindicato dos Técnicos Industriais do Ceará (Sintec-Ce) participou do 3º Congresso Internacional de Direito Sindical, realizado entre os dias 06 e 08 de maio, na Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará (UFC). Com o tema “Democracia Sindical”, o Congresso reuniu cerca de 600 estudantes, profissionais e sindicalistas de todo o país para debater assuntos como representatividade sindical, garantias jurídicas e políticas, estatutos sindicais, eleições sindicais e processos decisórios nos sindicatos. Foram convidados para ministrar palestras: o Procurador Geral do Trabalho – MPT-CE, Francisco Gérson Marques de Lima; a Desembargadora do TRT-2ª Região/SP, Ivani Bramante; o representante da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Stanley Gacek; e outros especialistas em Direito Sindicato do Brasil e do mundo.

Página 1 de 1612345...10...Última »
contribuiçao filiese tecnicoindustrial tecnicoindustrial

Assine nossa Newsletter

Curta nossa página

TV Fentec